Novos medicamentos intra-oculares

Novos medicamentos intra-oculares

Novos medicamentos intra-oculares 150 150 Mauro Chies

Até bem pouco tempo o arsenal do médico oftalmologista disposto a tratar os problemas da retina era composto por instrumental cirúrgico e laser. Os medicamentos utilizados, quase sempre por tempo bastante prolongado, costumam causar efeitos indesejáveis em outros territórios. Anti-inflamatórios, corticosteróides e outros fármacos, utilizados localmente ou sistemicamente acabam chegando ao local do problema (as camadas mais internas da retina) em doses pequenas.

Recentemente descobrimos que alguns fármacos utilizados em áreas como oncologia podem acelerar a recuperação do tecido retiniana danificado, e em vários casos restabelecer a função do mesmo. Injeções intra-oculares de anti-VEGF (anti–vascular endothelial growth factor) e de dexametasona de liberação lenta têm possibilitado uma melhora considerável nos quadros de maculopatia diabética, oclusões vasculares da retina, degeneração macular relacionada à idade (DMRI), edema macular cistóide pós operatório entre outras.

Doses muito baixas destes medicamentos, quando injetadas no interior do vítreo (o gel que preenche os olhos), chegam ao tecido retiniana muito mais eficientemente do que por outras vias.

Esses medicamentos estão mudando a forma como nós oftalmologistas manejamos estes problemas e estão causando uma diminuição significativa na indicação de fotocoagulação com laser e mesmo cirurgias da retina.

Inúmeras pesquisas estão em curso e apontam para a mesma direção; tratamentos medicamentosos intra-oculares utilizados mais precocemente trazem mais chance de bons e duradouros resultados.

Mauro Chies

Médico Oftalmologista, formado pelo Instituto Penido Burnier de Campinas (IPB). Título de Especialista em Oftalmologia pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia - CBO. Membro da Sociedade Americana e Européia de Cirurgia de Catarata e Cirurgia Refrativa.

Ver mais de Mauro Chies

Leave a Reply

AGENDE SUA CONSULTA

(54) 3419-7199

ACESSE NOSSAS REDES SOCIAIS
VENHA ATÉ NÓS

Entre em contato com nosso atendimento.